Arquivo da categoria ‘Evandro News’

Quase um ano sem atualizar isso…

Sempre tenho vontade de voltar a fazer posts, contar sobre minha inútil vida. Mas sempre me falta inspiração, animação, e me sobra preguiça.

As vezes eu tenho a impressão de que tudo que eu tenho pra escrever já foi dito por alguém, que eu já li isso em algum lugar, e isso me desanima, me faz pensar que eu sou alguém sem criatividade, sem inspiração.

Muita coisa aconteceu nesse tempo que eu não escrevi nada, muitas delas, vocês provavelmente não irão saber, pois eu não estou afim de contar. Mas lembro, que meu último post foi sobre o show do Green Day. E caralho, eu ainda lembro muito desse show, depois dele eu ainda fui no show do Skank, comecei a namorar e terminei logo em seguida. E quando eu digo “terminei” é levei um pé na bunda mesmo.

Mas é isso, talvez daqui pra frente eu tenha mais vontade de escrever coisas aqui. Ou até mesmo pegar uma coisa interessante que outra pessoa escrever e colocar aqui só pra passar o tempo.

Não sei nem se vou mesmo, só me deu vontade de postar essa merda aqui. É o que acontece quando você está sem sono e é 3 horas da manhã do dia da sua folga. É assim, gosta de uma vida bem “animada” mesmo. ASUSHUAHSAUHSAUHUAS

E é bem legal ver que ainda recebo visitas aqui, até me anima um pouco. ;P

Anúncios
“Esse é o nosso último show no Brasil, e nós sempre guardamos o melhor para o final, e o melhor é São Paulo" - Billie Joe

“Esse é o nosso último show no Brasil, e nós sempre guardamos o melhor para o final, e o melhor é São Paulo" - Billie Joe

Ontem, dia 20 (ainda não durmi, então pra mim ainda é dia 21, então foda-se), aconteceu o último show da turnê brasileira do Green Day.

Definitivamente um show a ser lembrado, tanto para nós que estavamos na platéia, se espremendo, vendo gente passando mal, desmaiando, mijando. Tanto para a banda. Ambos os lados não perderam o folego um segundo sequer durante as 3 horas de show que fizeram o Anhembi tremer. Com direito a brincadeiras usando o telão, mostrando as muitas figuras que estavam presentes no local.

A banda de abertura, Nevilton, apesar das várias tentativas do vocalista, não animou tanto. Mas podemos dizer que sairam de lá com a sensação de missão cumprida. Até porque a platéia respeitou e não ouve nenhuma vaia durante seu show. Inclusive, o povo do meu lado estavam tentando cantarolar algumas canções, apesar de claramente não conhecer nenhuma das canções.

Logo após o show da banda de abertura, eis que surge o Pink Bunny, o coelho bebado, com duas garrafas de cerveja na mão e ao som de YMCA, anunciando a entrada do Green Day.

Muitas pessoas subindo no palco, em Know Your Enemy um garoto fez um belo mosh, em Are We The Waiting uma garota teve a honra de ter Billie Joe cantando ajoelhado na frente dela, em Longview tivemos o melhor cantor de toda a turnê:

“Billie Joe: Este é foi o melhor cantor de toda a turnê. Melhor que Inglaterra, melhor que America, melhor que Venezuela, melhor que Colombia, melhor que Espanha…”

E em East Jesus Nowhere tivemos um dos momentos mais hilarios do show qdo Billie tenta conversar com o garotinho Gabriel:

– What’s your name?
– Gabriel
– Gabriel, where are you from?
– Daqui!

Com um setlist que ia desde o começo da carreira, dava uma pausa no estouro de Dookie, uma rapida olhada em Insomniac e Nimrod, estacionava no reconhecimento mundial de American Idiot até finalmente, depois de 3h de pura loucura, a banda terminar seu show com Good Riddance (Time of your life).

Apesar da confusão que foi a espera na fila (um dos seguranças praticamente gritando comigo me perguntando se eu estava com drogas nos bolsos), muitas pessoas sendo carregadas por estarem passando mal antes mesmo de começar o show, e até durante o show, é um show que ninguém pode reclamar.

Enfim, não tem como contar tudo que houve no show, só quem esteve lá pra saber. Após 12 anos sem pisar em terras brasileiras, se depender desse show, podemos ter certeza de que os veremos novamente em breve.

Green Day @ Anhembi, São Paulo

Setlist: (TheNimrods.Com)

1. Song of the century
2. 21st century breakdown
3. Know your enemy
4. East Jesus nowhere
5. Holiday
6. Nice guys finish last
7. Give me novacaine
8. Letterbomb
9. Are we the waiting
10. St. Jimmy
11. Boulevard of broken dreams
12. Burnout
13. Geek stink breath
14. F.O.D.
15. J.A.R.
16. Stuck with me
17. Dominated Love Slave
18. Paper Lanterns
19. 2000 Light Years Away
20. Hitchin’ a ride
21. When I come around
22. MEDLEY: “Iron Man / Rock N’ Roll / Sweet Child o’ Mine/ Teenage Wasteland/Highway to Hell”
23. Brain Stew
24. Jaded
25. Longview
26. Basket case
27. She
28. King for a day
29. Shout / Satisfaction / Hey Jude
30. 21 guns
31. Minority
BIS 1:
32. American idiot
33. Jesus of suburbia
BIS ACÚSTICO:
34. Whatsername
35. Wake me up when September ends
36. Good riddance (Time of Your Life)

Insensivel, eu?

Publicado: 15/10/2010 em Evandro News, Todas

Esses dias eu estava no onibus a caminho do trampo, quando encontrei uma amiga, que trabalha comigo aliás.

Em um certo momento da viagem, ouvimos uma barulho. Todo mundo olhou pra trás do onibus, menos eu. Parece que um motoqueiro resolveu entrar na traseiro de um caminhão. Como eu fui o único a não ficar desesperado pra ver se o motoqueiro tinha se tornado uma grande possa de sangue, eu fiquei com fama de insensivel.

Quer dizer que só porque eu não dei uma de reporter e comecei a tirar foto e filmar o ocorrido, isso me torna insensivel?

Uma outra vez, eu estava indo pro ponto de onibus quando eu ouvi outro barulho e vi um corpo voando. Uma velinha atravessou a rua quando não devia e um carro pegou ela. Eu simplesmente sai andando e peguei meu onibus. Isso não é ser insensivel, é simplesmente achar que não é da minha conta.

Aliás, a velinha levantou SOZINHA… Eu fiquei pasmo com isso, se fosse outra teria ficado lá no meio da rua chorando e falando que tava morrendo. Mas não, manolo, a velinha levantou e só pediu pra sentar e beber um copo d’água. Fudida a véia hein…

Não sei porque fiz um post sobre isso. Só senti vontade de compartilhar isso com alguém.

Pois é, minha gente, nesse domingo, dia 3 de outubro, tem mais um dia de votação.

Esse ano iremos eleger o novo Presidente da República, Governador, Senador, Deputado Federal e Estadual.

E pela primeira vez eu irei votar. Antigamente não fazia a menor questão de votar, achava uma coisa inútil e sempre pensava da mesma forma: “Quando eu for votar eu vou anular mesmo, então foda-se.”

Mas agora eu penso diferente, nós DEVEMOS saber em quem estamos votamos, não devemos jogar nosso voto no lixo. Que direito temos de cobrar das pessoas que nos representam, que cuidam de nosso país, se nós nem sequer votamos. Temos esse dever com nosso país, um simples voto pode mudar toda a tragetória do nosso país.

Eu sei que está dificil escolher alguém que vá governar nosso país direitinho, mas escolha alguém que você REALMENTE ache que vá fazer algo de bom, e que não vá manter o país na mesmisse. Não temos que nos conformar com a situação, devemos ir pra frente, cobrar o candidato em quem nós votamos.

Portanto, no domingo vá votar. Vote em quem você ache que é bom, e que vá melhorar a situação do país, e não no primeiro candidato que aparecer com um flyer com seu número. Saiba em quem você está votando.

Não vou dizer em quem você deve votar. Mas pelo bem de TODOS nós, inclusive do seu bem, não vote no Tiririca….

Olá,

Aqui estou eu, em mais uma noite sem sono e sem nada pra fazer.

Conversando com um amigo no MSN, a gente começou a falar de casamento. Conversa vai e vem, a gente começou a pensar em como aquele momento em que a noiva joga o buquê deve ser um momento de muita tensão pros namorados das mulheres que estão tentando pegar o buquê.

Acho que o único pensamento em comum deles deve ser: “Não pega, não… não… NÃÃÃÃO… Pronto, agora fudeu”

Ainda mais aqueles que namoram a mais de 2 ou 3 anos. Já conhecem a familia e tals.

Se a sua namorada pegou o buquê, meu filho. GAME OVER.

9 anos se passaram e eu ainda fico chocado vendo essa reportagem.

Parece que foi ontem que eu, com meus 11, 12 anos de idade parei em frente a TV abismado com as imagens.

Dificil acreditar do que o ser humano é capaz de fazer. Sequestrar aviões lotados de passageiros, e jogá-lo contra um prédio, também lotados de gente. Não consigo pensar num real motivo, a única coisa que consigo pensar vendo essas imagens é no desesperos dessas pessoas que estavam dentro desses aviões, das torres, das pessoas que estavam próximo ao local e virão os aviões se chocarem contra as torres.

É dificil segurar as lágrimas vendo isso, quantas pessoas morreram? Quantos pais de familia, mães e até filhos não foram perdidos nisso tudo?

Só me faz ter certeza de que nós não valemos nada, só me faz ter mais nojo do ser humano.

Existem pessoas que dizem ter sido bem feito para os EUA esse atentado, que o país mereceu isso. Será? Será que realmente mereceu? Será que nós, brasileiros, na situação atual do nosso país, também não merecemos algo igual?

E há quem diga que o mundo irá acabar em 2012. Mas pra mim, ele já está acabado faz tempo.


Seguinte, pessoal que vai para o show do Green Day em São Paulo no dia 20 de outubro.

Acredito que todos que vão comparecer, que já compraram seu ingresso (eu!) estão pensando em algo que possa chamar a atenção do trio, fazer com que esse show no Anhembi seja inesquecivel, tanto para nós fãs, quanto para eles. Todos pensando em faixas, cartazes, cartas gigantescas.

Mas tem algo que será muito melhor do que tudo isso, ao invés de cada um fazer uma coisa sozinho, vamos fazer algo coletivo, algo para todo o Anhembi fazer. E aí está o Movimento Waiting.

O que é isso?

Simples. A idéia é juntar o maior número de fãs presentes no dia do show (Ou todos presentes) e cantar o trecho da música Waiting: I’ve been waiting a long time, for this moment to come, I’m destined for anything at all”.
Quem é fã vai entender porque.

É rápido, é simples e é fácil. Vamos tentar mostrar pros carinhas da banda como 12 anos sem eles por aqui fizeram falta. E fazer com que eles tenham vontade de voltar.

Pra acompanhar o movimento, acessem o blog, o twitter e a comunidade no orkut.

Twittem #MovimentoWaitingGDBr

O grande Marcos, Marcão ou São Marcos, goleiro do Palmeiras, vai completar hoje, contra o Vitória, 500 jogos com a camisa do Palmeiras.

Um dos maiores ídolos do clube, o 7º jogador que mais vestiu a camisa, várias conquistas, como Libertadores, Copa do Brasil, Mercosul, Brasileirão, Rio-SP e Paulista.

Como palmeirense, não tenho o que dizer dele. Sem dúvida, um dos melhores goleiros do Brasil.

Em 1999, após muito tempo como reserva, Marcos, na quinta rodada da Taça Libertadores da América, torna-se titular devido a contusão do então goleiro Velloso. Desde então, não largou mais o posto de titular do clube do Palmeiras. Entre glórias, derrotas e contusões nenhum palmeirense (ou qualquer que seja seu time) pode negar que Marcos, é o Marcos.

Em 2000, embora não tenha ganhado a Copa Libertadores, conseguiu eliminar o maior rival, Corinthians, ao defender a última cobrança de penalti de Marcelinho Carioca. Relembrem aew.


Ele bate muuuito bem na booola.

Em 2002, trouxe alegria não só para a torcida palmeirense, mas também para o Brasil inteiro, quando foi titular da Seleção Brasileira, conquistando a Copa do Mundo, e fazendo do Brasil, Penta Campeão do Mundo.

São Marcos, desde 1992 no Palmeiras.

Portanto, machucado ou não, Marcos sempre será o São Marcos. 18 anos de Palmeiras. Parabéns pelos 500 jogos Marcão. Que você traga ainda mais alegria pra nossa torcida. E mais uma coisa, Puta que pariu, é o melhor goleiro do Brasil.


E como diria o carinha lá do Ñ.intendo: RIR = INFERNO

A mulher sem braços e sem pernas estava na beira de uma praia, chorando, estava muito triste.
Foi quando um homem, muito bonito, que passava por ali, a encontrou, comovido, ele perguntou:
-Por que você chora tanto?
-Nenhum homem nunca me abraçou – Disse ela
O homem então, a pegou nos braços, e deu nela, um abraço bem apertado.
Ela ainda chorava muito, ele perguntou novamente qual era o problema, e ela respondeu:
-Nenhum homem nunca me beijou.
O homem, novamente a pegou nos braços, e deu nela um beijo que ela jamais iria esquecer.
Já parando de chorar, a mulher olhou para o homem e disse:
-Sabe, ninguém nunca… Me fudeu. (6′
O homem então, tornou a segurá-la nos braços, caminhou lentamente até o mar, andou até a água bater em sua cintura, a deixou na água, saiu do mar e disse:
-Pronto, agora você tá fudida!

RIR=INFERNO

Clica em ‘Gosta’ pela piada sem graça.