Insensivel, eu?

Publicado: 15/10/2010 em Evandro News, Todas

Esses dias eu estava no onibus a caminho do trampo, quando encontrei uma amiga, que trabalha comigo aliás.

Em um certo momento da viagem, ouvimos uma barulho. Todo mundo olhou pra trás do onibus, menos eu. Parece que um motoqueiro resolveu entrar na traseiro de um caminhão. Como eu fui o único a não ficar desesperado pra ver se o motoqueiro tinha se tornado uma grande possa de sangue, eu fiquei com fama de insensivel.

Quer dizer que só porque eu não dei uma de reporter e comecei a tirar foto e filmar o ocorrido, isso me torna insensivel?

Uma outra vez, eu estava indo pro ponto de onibus quando eu ouvi outro barulho e vi um corpo voando. Uma velinha atravessou a rua quando não devia e um carro pegou ela. Eu simplesmente sai andando e peguei meu onibus. Isso não é ser insensivel, é simplesmente achar que não é da minha conta.

Aliás, a velinha levantou SOZINHA… Eu fiquei pasmo com isso, se fosse outra teria ficado lá no meio da rua chorando e falando que tava morrendo. Mas não, manolo, a velinha levantou e só pediu pra sentar e beber um copo d’água. Fudida a véia hein…

Não sei porque fiz um post sobre isso. Só senti vontade de compartilhar isso com alguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s